World of Warcraft – Cataclysm

by luizcsilva on 2 de Fevereiro de 2014
World of Warcraft

 

Admirável mundo novo
O ressurgimento do dragão Deathwing é a causa das transformações nas regiões clássicas de “World of Warcraft”. Espíritos elementais atacam as principais cidades de Azeroth e cultos sinistros surgem em suas praças. Terremotos mudam a geografia do mundo de “Warcraft” para sempre, em um grau nunca visto em um RPG online.

As mudanças no jogo são sentidas imediatamente ao criar um personagem novo. As missões iniciais são menos enfadonhas do que “mate 10 lobos e me traga suas peles”. Desde o começo, o jogador se sente mais envolvido na história do mundo de “Warcraft”. O sistema de entrega das missões ficou mais ágil, já que agora nem sempre é preciso retornar ao início da área para concluir uma aventura e iniciar a próxima.

Há novas raças disponíveis para os jogadores, uma para cada facção de “World of Warcraft”. Do lado da Horde, os Goblins, criaturas já presentes no game como comerciantes, se tornaram personagens jogáveis. Já os licantropos Worgens dão um toque de terror gótico ao jogo. Vale experimentar as missões iniciais de ambas as raças, para descobrir as pequenas surpresas em suas áreas e sua história fascinante. Por falar em surpresas, vale dar uma passada em Hillsbrad Foothill e se divertir em uma versão de “Plants vs. Zombies”, da PopCap Games.

Uma nova profissão está disponível, o Arqueologista, que explora o mundo em busca de artefatos perdidos durante o Cataclisma. A tarefa é mais complexa do que em outras profissões de coleta e é um passatempo muito divertido, no qual o jogador segue indicações do tipo “quente” ou “frio” para encontrar partes dos objetos espalhadas por Azeroth.

Para os jogadores de nível alto – que agora podem avançar do nível 80 até 85 – há novas áreas, como Uldum, cenário de inspiração egípcia, as ruínas subaquáticas de Vashj’ir e Skywall, um templo flutuante, entre outras. Esses cenários enchem os olhos e causam espanto no visitante, ainda mais em um jogo produzido com um motor gráfico já bem antigo.

E claro, há novas dungeons, onde a saga de “Warcraft” avança com a Alliance e a Horde lidando com uma ameaça maior do que o próprio Lich King, o já citado dragão Deathwing. As novas dungeons, porém, seguem a dificuldade estabelecida em “Wrath of the Lich King”. Vale notar, entretanto, que as dungeons heróicas se tornaram extremamente desafiadoras, com muitos chefes para dar trabalho mesmo aos jogadores mais dedicados.

O Dungeon Finder, ferramenta que permite encontrar rapidamente masmorras para se aventurar, passou por algumas mudanças e para se juntar automaticamente a outros jogadores e entrar em uma dessas áreas pela primeira vez, é preciso encontrar sua entrada, viajando até o local. Somente depois de visitar a região onde a dungeon se encontra pela primeira vez, a masmorra entra para a lista do Dungeon Finder do jogador.

Não deixe de conferir onde tudo começou: Lore do Universo World of Warcraft

What's your reaction?
Feliz
100%
Resenha dos Livros
Lore dos Personagens
Curvas da Linha do Tempo de Crona

As Curvas da Linha do Tempo de Crona

Balnazzar | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Balnazzar

Fenris Wolfbrother | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Fenris Irmão do Lobo

Nathalion Dawnstrider

Nathalion Dawnstrider

Kilrogg Deadeye | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Kilrogg Olho Morto

Cavaleiro Sem Cabeça | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

A História do Cavaleiro Sem Cabeça

Templo Negro | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Illidan e o Templo Negro

Tirion Fordring | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Tirion Fordring e a queda do Lich King

Harbingers - Illidan | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Harbingers: A História de Illidan

Harbingers - Haddgar | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Harbingers: A História de Hadggar

Desenvolvido por Luiz Silva
%d blogueiros gostam disto: