World of Warcraft – Warlords of Draenor

by luizcsilva on 2 de Fevereiro de 2014
World of Warcraft

Para começar, a premissa da expansão é que Garrosh Grito Infernal escapou antes do seu julgamento e com a ajuda de um aliado misterioso voltou 35 anos no passado e impediu que seu pai (e os demais orcs) bebessem o sangue de Mannoroth. Mas essa não será uma expansão sobre viagem no tempo, isso é apenas um mecanismo para contar a história, pois o nosso passado vai permanecer inalterado. Garrosh que já odiava a Aliança passou a agora odiar também a Nova Horda de Thrall com todas as suas raças que ele não compreende. Então em Draenor, ele formou a chamada Horda de Ferro com a intenção de invadir e conquistar Azeroth para se vingar daqueles que o derrotaram. Essa coalisão dos clãs órquicos mais poderosos irá contar com toda a tecnologia da era moderna, e da mesma sede por conquista que a Horda original possuía.
WoD-07
Ainda com a ajuda desse aliado misterioso, a expansão irá começar com o Portal Negro se tornando vermelho e criando uma ligação entre nosso presente e esse passado alterado de Draenor. Por isso os jogadores irão atravessa-lo em uma missão suicida para fecha-lo do lado de lá e assegurar uma posição em Draenor para que possamos conter a invasão por tempo o bastante para que as forças de Azeroth se recuperem dos conflitos recentes e se preparem para enfrentar a Horda de Ferro.

O Garrosh vai ser o responsável por iniciar tudo, mas ele não será o grande vilão da expansão! Na verdade, apesar dos vilões iniciais serem os Lordes da Guerra, o boss final NÃO será um orc. A nossa experiência inicial em Draenor será semelhante à dos Cavaleiros da Morte que já começam sendo jogados direto no meio da ação, e a Blizzard nos prometeu um desfecho “satisfatório” para o Garrosh e nossos personagens, o que LEVA A CRER que ele será morto ao término dessa sequencia inicial de missões. Depois disso os jogadores da Horda e da Aliança irão tomar rumos separados dos quais falaremos mais adiante.

Mas quem são esses Lordes da Guerra que dão nome à expansão? Eles são os líderes dos clãs que formam a Horda de Ferro. Seus nomes são: Grommash Grito Infernal, Mão Negra, Kilrogg Olho Morto, Karrath Carpunhal e Ner’Zhul. E quem não souber quem são esses sujeitos pode ler o resumo de toda história aqui do site para descobriu um pouco sobre as suas histórias na nossa linha do tempo.
WoD-06
A Blizzard já nos falou um pouco sobre cada um desses Lordes e dos papéis que seus clãs irão desempenhar na história:

Grommash Grito Infernal, a voz apaixonada do orgulho e da fúria, só reconhece pronunciamentos feitos na linguagem do machado. Seu clã, o Brado Guerreiro, é um grupo nômade de arqueiros desalmados e cavalga-lobos errantes que se reúnem na vanguarda da Horda de Ferro, queimando as terras e os lares dos inimigos e pisoteando as cinzas. Este clã órquico mora na terra verdejante de Nagrand e preferem a velocidade e agilidade em batalha. Eles se locomovem depressa, atacam e partem antes que os inimigos percebam o que aconteceu. Os seus gritos de guerra inspiram os aliados e instilam o medo em todos os que entram em seu caminho.

Mão Negra, um mestre de armas louco por poder e estrategicamente brilhante, tem a ambição para governar e a crueldade para manter seu domínio sobre os conquistados. Sob sua liderança, os bravos orcs do clã bélico Rocha Negra são disciplinados e contam com ferreiros peritos. Bem protegidos por armaduras, eles usam a força bruta e armas para destruir os inimigos e fazer novos escravos para alimentarem as suas fornalhas gigantescas.

Após ver a própria morte em uma peregrinação espiritual, Kilrogg Olho Morto aceitou a inevitabilidade do destino e arrancou o olho esquerdo em um brutal gesto simbólico. Desde então ele tem conduzido o clã em direção ao futuro sangrento e brutal que os espera. Os Membros do clã Olho Sangrento têm fúria berserk e banham as armas em peçonha alucinógena e espreitam as vítimas do topo das árvores, transformando os últimos instantes de suas presas em puro horror.

Karrath Carpunhal, assim como todo o seu clã, era um antigo escravo dos ogros. Após estrangular o seu capataz com a corrente que o prendia, Karrath cortou fora seu próprio braço para se libertar. Os sádicos membros do clã Mão Despedaçada imitam a modificação corporal hedionda do líder, mas essa é só a primeira cicatriz das muitas que virão, tanto nos seus corpos feridos quanto na carne do inimigo.

Ner’Zhul é contemplativo e progressista, mas seu projeto de uma cultura órquica unida foi obscurecido pelas manipulações de Gul’dan, seu aprendiz, e pela realidade sangrenta da Horda de Ferro em ascensão. Seu clã, o Clã da Lua Negra, sempre olhou com reverência para as estrelas em busca de orientação. Eles têm um vínculo forte com o mundo espiritual e contam com muitos videntes, astrólogos e necromantes em suas fileiras. A força deles está em seu domínio das artes sombrias.

Além destes cinco, nós também teremos outros dois líderes de clã que estarão tentando entrar para a Horda de Ferro: Gul’Dan e Fenrir. O Gul’Dan e seu clã de proscritos, Trovão Furioso, almejam matar Ner’Zhul e tomar o lugar que eles julgam ser deles na Horda de Ferro. O bruxo é um dos únicos orcs de pele verde, devido ao seu uso extensivo da magia demoníaca, e com certeza ainda pretende entregar o povo órquico para seu mestre Kil’Jaeden. Já Fenrir e seu clã, os Senhor do Trovão, estarão guerreando contra os Lobo do Gelo para provar o seu valor e serem aceitos entre os Lordes da Guerra.

E por falar nos Lobo do Gelo, não se sabe ainda exatamente qual papel eles irão representar na guerra, já que há um questionamento quanto ao lado que Dutoran irá escolher. No nosso passado o pai de Thrall e chefe do clã foi contra a Horda por causa da utilização da magia vil dos demônios… Mas nessa versão da história ele está em dúvida, pois sem a corrupção da Legião, os orcs de Draenor ainda são o seu povo.

Como vocês podem imaginar, Draenor era um mundo muito diferente antes da explosão que o transformou no que nós conhecemos hoje como Terralém. Abaixo vocês podem ver o mapa antigo e o novo, e compara-los:
WoD-04
Vocês com certeza reconheceram algumas das regiões e sentiram a falta de outras, então vamos ver o que foi dito de cada área de Draenor:

Tanaan é a selva primitiva que existia onde hoje é a Peninsula do Fogo do Inferno, antes dos orcs desmatarem toda a região na sua busca por recursos para a guerra contra os draeneis. Nessa selva os perigos se escondem em cada canto e até as plantas tem dentes. É aqui que o clã Olho Sangrento habita e onde se encontra o Portal Negro que teremos que fechar nas missões iniciais.

Talador é o coração de Draenor, postado na encruzilhada do continente, dividido por rios que ligam seus mares e possibilitam o comércio marítimo e a movimentação do leste para o oeste. Essa é a região que hoje nós conhecemos como Terokkar, e o motivo para a mudança de nome não ficou clara. Em Talador reluz a cidade costeira de Shattrath, uma maravilha da cultura e da arquitetura draeneica ancestral, e diante dela temos o Mar Zíngaro, habitado por criaturas fúngicas e que em nosso tempo se transformou em um grande pântano.
WoD-05
Gorgrond, outrora uma terra de Os oásis brilhantes, foi transformada pelo desenvolvimento industrial do clã Rocha Negra em um ermo rochoso e desolado; o único produto natural da região é o vapor que sobe de dutos enormes embaixo da terra. Hoje, Gorgrond é a fonte do arsenal da Horda de Ferro, com forjas e caldeirões titânicos exalando oceanos de fumaça e produzindo armas e armaduras em quantidade incomensurável. Essa foi uma das regiões mais afetadas pela explosão do planeta em nosso tempo, que graças às colisões de terra de duas regiões distintas se transformou no que conhecemos como Montanhas da Lâmina Afiada.

Nagrand, que em nossa linha temporal foi a área de Terralém menos afetada pela explosão, é habitada pelo clã Brado Guerreiro. A sua porção sul da região foi reivindicada por ogros marinheiros que buscam dominar a terra e os orcs que lá vivem. Mas há mais ameaças misteriosas: uma estranha névoa brota dos campos, encarnações da natureza vagueiam inquietas nos arredores do Trono dos Elementos e os cristais alienígenas de Oshu’gun atraem aventureiros e caçadores de fortuna de todas as partes de Draenor.

O Vale da Lua Negra é muito diferente da terra desolada pela magia vil que conhecemos. Ocultas sob um véu de noite perpétua pontuado apenas pela luz das estrelas, as florestas idílicas do vale abrigam o templo-túmulo draenei de Karabor, que em nosso tempo passou a ser conhecido como Templo Negro. Enquanto muitos dos draeneis do vale estudam profecias em meio aos antigos círculos de pedra de Karabor, conspiradores do clã Lua Negra com ambições sinistras espreitam na vasta rede de cavernas subterrâneas, olhando para o templo sagrado com ambição.

A Serra Fogofrio é uma terra inóspita de invernos quase infindáveis, coberta de picos vulcânicos e lava derretida. A região é o lar de dois clãs órquicos em guerra, os Lobo do Gelo e os Senhor do Trovão. A Fortaleza Giralança, escavada em pedra e erguida a alturas estonteantes pelas tribos de ogros nativos, é uma das poucas estruturas capazes de permanecer de pé nesses ermos selvagens.

E por fim temos os pináculos de Arak, que para um aventureiro a pé é uma floresta pantanosa outonal ladeada de árvores retorcidas cuja altura alcança os queixos dos gigantes. Bem acima das árvores, encontra-se uma paisagem raramente vista por forasteiros: os pináculos de pedra altíssimos dos arakkoa de garras afiadas, que observam seu lar como deuses encarnados e homenageiam o sol abençoado queimando vivas as “raças inferiores”. Mas estes não são os Arakkoa que conhecemos em nosso tempo, pois nessa época eles possuíam asas, e espera-se que o motivo dessa alteração seja explicado ao longo das missões da região (bem como a mudança de nome de Terokkar hehe).

Depois das missões iniciais que nós citamos anteriormente, os membros da Horda serão levados para Serra Fogofrio, em busca de ajuda para o Clã Lobo do Gelo. Uma vez ali, eles lutarão contra ogros da Fortaleza Giralança para garantir um lar nesta terra severa. Já os membros da Aliança serão levados para o Vale da Lua Negra em busca de aliados para enfrentar a Horda de Ferro. Uma vez ali, você e os jogadores trabalharão para salvar o templo sagrado de Karador que estará sob ataque do clã Lua Negra, que apesar de ter sido aceito na Horda de Ferro ainda precisa demonstrar a sua serventia aos demais Lordes com um pensamento mais voltado para a guerra.

Mas a Horda de Ferro não será a nossa única ameaça que iremos enfrentar, afinal Draenor é um mundo selvagem e hostil! Diferente de Azeroth, que teve a sua história moldada por grandes impérios como os Zandalari os Kaldorei, o planeta vermelho viu apenas uma raça se elevar sob as demais em toda a sua existência: Os ogros. Apesar de decadente, o império dos ogros ainda é uma força a ser levada em consideração, e provavelmente teremos que lidar com eles em algum patch futuro.

Além dos ogros, nós encontraremos também os sabrons, uma raça de homens felinos que foram extintos no nosso passado e os genessauros, que são versões reptilianas de nossos magnatauros, possuindo o mesmo tamanho colossal e predileção pela violência e brutalidade.

Além dos Lordes da Guerra, nós também veremos alguns outros personagens conhecidos: Thrall estará liderando a Horda e Maraad a Aliança, Khadgar e Velen terão uma participação importante e o Orgrimm também terá um pequeno papel. A Blizzard também falou que ainda não decidiram quem será novo líder dos orcs de Azeroth, mas que possivelmente será Saurfang.

E por fim, a Blizzard confirmou finalmente que Draenor foi moldada pelos titãs, e que o motivo para não termos visto nenhuma evidência clara até agora é que ao contrário de Azeroth, onde os titãs se preocuparam em deixar instalações, a passagem deles pelo planeta foi breve. Mas que veremos alguma coisa relacionada a eles em nossa jornada.

Não deixe de conferir onde tudo começou: Lore do Universo World of Warcraft

What's your reaction?
Feliz
100%
Resenha dos Livros
Lore dos Personagens
Dranosh Saurfang | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

E se Dranosh Saurfang não Tivesse Morrido?

Proudmore | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Quem são os Proudmoores?

Curvas da Linha do Tempo de Crona

As Curvas da Linha do Tempo de Crona

Balnazzar | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Balnazzar

Fenris Wolfbrother | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Fenris Irmão do Lobo

Nathalion Dawnstrider

Nathalion Dawnstrider

Kilrogg Deadeye | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Kilrogg Olho Morto

Cavaleiro Sem Cabeça | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

A História do Cavaleiro Sem Cabeça

Templo Negro | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Illidan e o Templo Negro

Tirion Fordring | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Tirion Fordring e a queda do Lich King

Desenvolvido por Luiz Silva
Translate »
%d blogueiros gostam disto: