Os Shas

by luizcsilva on 31 de dezembro de 2014
Full Review

Não fomos nós que os trouxemos para essas terras, eles já estavam aqui. Mas fomos nós que os libertamos de sua prisão, permitindo que eles corressem livres pelos verdes campos de Pandaria. Nossa chegada na costa de Pandaria foi nada menos que uma pequena faísca que iniciou uma série de eventos desastrosos que Pandaria nunca havia visto antes…

Os Shas são vilões únicos, os primeiros na história de Azeroth cuja responsabilidade é unicamente nossa. Já lidamos com os terrores da Legião Ardente, lutamos contra os exércitos do Lich Rei e até derrubamos o poderoso aspecto Asa da Morte. Mas essa é a primeira vez que lutamos contra um mal que vem de dentro de nós mesmos. O que torna os Shas em vilões muito interessantes.

Sha-da-Dúvida

Está em dúvida? Pergunte ao Sha da Dúvida.

A Origem dos Shas

No começo existia Azeroth. Essa história já foi escrita e re-escrita ao longo dos anos. Veio os Titãs, criaram o mundo, foram embora, voltaram, o mundo estava infestado com os Deuses Antigos, eles se enfrentaram, os Deuses Antigos foram derrotados e presos.

Mas em uma das primeiras histórias sobre a origem de Azeroth, fala que um dos Deuses Antigos foi destruído, mas levou consigo um dos Titãs. Note que ambas são criaturas de imenso poder e ninguém sabe ao certo se elas podem realmente morrer ou serem destruídas. A história não conta qual Titã ou Deus Antigo teria sido destruído, mas muitos assumiram que o Deus Antigo era C’thun.

Quando os portões de Ahn’Qiraji foram abertos, ficou claro que C’thun ainda estava vivo. Novamente ficamos sem qualquer pista de qual deus antigo havia sido destruído. Na verdade, o Deus Antigo destruído foi um Deus Antigo totalmente diferente, um de qual nunca se escutou falar. Aliás, nunca se ouviu falar porque ele desapareceu junto da história de sua morte, quando Pandaria também havia desaparecido. O nome desses Deus era Y’Shaarj.

Y’Shaarj, de acordo com uma lenda dos Klaxxis, era uma fera de sete cabeças que consumia esperança e expelia desespero. Ele inalava coragem e exalava medo. Lenda? Os Klaxxis não acham, e tem a história da guerra entre titãs e deuses na ponta da língua. Eles dizem que o último terrível ato de Y’Shaarj antes de ser destruído, foi soltar um sopro por Pandaria que deixou as sombras de seu terrível poder pelo continente. Essas sombras são os Shas.

Não estamos lidando com um Deus Antigo, mas sim com os restos de um deles. Estamos lidando com um espírito maligno, e um espírito que nunca poderá ser derrotado… afinal, o Deus Antigo já está morto. Para lidar com eles, os moradores de Pandaria aprenderam, com o passar do tempo, a lidar com os Shas e combater o dano que eles deixavam para trás… dano este que só aumenta com nossa chegada.

Sha-da-Raiva

O poderoso Sha da Raiva é também um chefe raro mundial

 

O Que Realmente é um Sha?

Os Shas não são um vilão normal de Azeroth. Eles aparecem de emoções e energias negativas e o único modo de impedir que eles apareçam seria manter todos livres dessa emoção negativa. Essa é uma das razões para os pandarens serem tão de bem com a vida, os Shas ensinaram eles a serem desse modo. Você raramente verá um pandaren se deixar tomar por fúria ou medo.

Também por causa de sua origem, os Shas não podem realmente serem destruídos. Sempre haverá um Sha para ser contido, e foi por isso que os Pandarens criaram o grupo dos Shado-Pan. Essa ordem não teria durado os milhares de anos que ela durou se não fosse necessária. Não há um modo de realmente se livrar dos Shas, não há um artefato milenar poderoso, como a Alma Dragônica, para contê-los. A única solução é prendê-los, assim como eles estavam… até chegarmos em Pandaria.

Pelo menos por enquanto, os Shas estão limitados à Pandaria. As sete cabeças de Y’Shaarj foram destruídas em Pandaria e quando ela se separou do mundo, os restos deste Deus Antigo ficou com ela. Apesar de não precisarmos nos preocupar com os Shas de Pandaria se espalharem para o resto do mundo, eles nos ensinaram uma mensagem muito importante.

Sha-da-Violência

O Sha da Violência é outro que você terá que enfrentar em Pandaria

 

Y’Shaarj e os Titãs

Na Expansão Wrath of the Lich King, o evento do Tribunal das Eras revelou a razão pela qual os Deuses Antigos foram aprisionados, ao invés de eliminados. A razão foi de que eles estavam tão interligados com Azeroth que não havia como destruí-los sem destruir o próprio mundo. E os Titãs descobriram isso quando viram os efeitos do que acontecia quando um Deus Antigo era destruído. Eles viram o que aconteceu com Y’Shaarj, viram como Pandaria ficou impregnada desse espírito maligno que jamais iria embora.

Os Deuses Antigos não podem serem mortos porque até na morte eles vivem. Y’Shaarj e os Shas são uma evidência disso. Então o que é pior? Lidar com um Deus Antigo enfraquecido e aprisionado em algum local ou lidar com sua essência vil e destruidora?

Medo, ódio, raiva, violência, dúvida… a vontade dos Deuses Antigos é refletida nos Shas. Qualquer coisa que possa ser usada para causar caos e destruição será usada pelos Deuses Antigos. Se eles não conseguem fazer isso apenas com sussurros vindos das profundezas (pelo menos não tão efetivamente), eles já provaram que conseguem fazer isso ao serem destruídos, mantendo um vínculo com o mundo que continuará a levar suas intenções mesmo após sua destruição.

É por isso que não podemos matar os Deuses Antigos, porque se o fizermos, estaremos libertando seus espíritos no mundo. Cada ação ou movimento que fizermos não fará nada além de alimentar seus espíritos, em um ciclo sem fim de caos. No fim, os Deuses Antigos são os reais vencedores. De fato, eles já venceram. Sua influência é tão interligada com Azeroth que não podem ser derrotados, e se o forem, sua influência será ainda maior. Estamos lutando uma batalha que não podemos vencer e os Shas são a prova disso.

Sete Cabeças, Sete Olhos

O [Caixa-enigma de Yogg-Saron], adquirido com Arqueologia em regiões nerubianas, é um objeto bem peculiar que transmite os sussurros do Deus Antigo, Yogg Saron, para seus usuários. Um dos sussurros diz:

Você teve aquele sonho de novo? Um bode preto com sete olhos que observa lá de fora.

Esse sussurro pode muito bem estar fazendo uma referência ao número de Deuses Antigos existentes. Ou ainda melhor, a caixa pode estar falando diretamente de Y’Shaarj e suas sete cabeças. Sete cabeças… sete shas…. sete deuses antigos. Ou será tudo a mesma coisa? Há quem teoriza que na verdade só existiu um Deus Antigo, o próprio Y’Shaarj, quando foi derrotado pelos Titãs, cada cabeça sua teria se transformado no que hoje conhecemos como um Deus Antigo.

É interessante notar que os Shas parecem muito serem baseados na mitologia criada por H.P. Lovecraft, no mito de Cthullu, a história descreve ele como uma enorme massa de fumaça onde se forma tentáculos negros e uma boca cheia de baba de lodo. Parece familiar?

Mas não paramos por ai. Temos também outro sussurro bem interessante da caixa:

O peixe conhece todos os segredos. Eles conhecem o frio. Eles conhecem as sombras.

Apesar de não serem exatamente peixes, a raça dos Jinyus, também apresentados pela primeira vez em Mists of Pandaria, parecem bastante com uma mistura de peixes e humanóides. Na história do último Imperador de Pandaria, Shaohao, diz que ele procura o conselho de um  Jinyu, que pode ver o destino de Pandaria nas águas.

Será que os Jinuys sabem mais do que dizem? Provável. O fato é que eles conseguem enxergar bem mais coisas do que qual fruta renderá mais amanhã. Os Jinyus são uma espécie de versão abençoada dos murlocs, assim como os trolls negros evoluíram para os elfos noturnos, após passarem pela Fonte da Eternidade, os murlocs evoluíram para os Jinyus.

Mas vamos voltar um pouco. Sete cabeças. Sete deuses. Sete Shas. Sete Shas? Espera aí, temos o Sha da Raiva no monte Kun-Lai, o Sha do Desespero no Templo de Chi-Ji, o Sha da Dúvida na Floresta de Jade, o Sha da Violência no Monastério Shado-Pan, o Sha do Ódio nas Estepes de Taolong e o Sha do Medo no Terraço da Primavera Eterna. Seis shas, está faltando um!

Onde ele está e o que ele representa? Que emoção negativa ainda não nos foi mostrada? Inveja? Vergonha? Culpa? Com certeza é algo que tanto a Horda quanto a Aliança está estimulando neste exato momento. Mas o que será? Precisa ser algo realmente forte e intenso para ser suficiente afim de invocar um Sha. Será que pode ser um Sha que reúne todos os sentimentos? Seja o que for ele ainda não apareceu, provavelmente porque o sentimento precisará se intensificar muito mais… provavelmente em alguma guerra futura, como a que vai chegar no patch 5.1.

Os Shas são uns dos vilões mais fascinantes de Azeroth. Sabemos que a qualquer momento o sétimo Sha pode ser revelado, mas independente disso, sabemos que os Shas representam um tipo de vilão que nunca enfrentamos antes, as revelações que eles nos mostram deixam o futuro de Pandaria, e de toda Azeroth, cada vez mais incerto.

Não podemos combater os Shas com mais violência, já que isso apenas os alimentaria. Não poderemos derrotar os Shas como derrotamos os outros vilões de Azeroth. Não há uma solução mágica ou item que podemos criar para superá-los. No fim, a solução será controlar o Sha que vive dentro de nós mesmos.

Até lá, Pandaria será atormentada pelos Shas que nós, estrangeiros, fizemos acordar com a nossa chegada. Os pandarens conseguiram, mas e as demais raças? Conseguimos derrotar o mau externo, mas e o mau interno?

Pandaren-e-Sha

What's your reaction?
Feliz
100%
Resenha dos Livros
Lore dos Personagens
Varok Saurfang | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Alto Suserano Varok Saurfang e a luta pela honra

Sylvanas Windrunner | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

A Morte de Sylvanas Windrunner

Arathi | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

A Ascensão do Arathi

Calia Menethil | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Calia Menethil a Última Herdeira do Trono de Lordaeron

Nathanos Blightcaller | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Nathanos Marris, o Blightcaller

Lâminas de Ébano | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

A Linhagem Fordragon

Dranosh Saurfang | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

E se o Bolvar Fordragon nunca se tornasse o Lich King?

Draeneis e Naarus | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Os Mistérios dos Draeneis e Naarus

Brigitte Abbendis | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Alta General Brigitte Abbendis

Draeneis Forjados na Luz | World of WarCraft, WarCraft, wow, azeroth, lore

Draeneis Forjados na Luz

Translate »
%d blogueiros gostam disto: