World of Warcraft – Legion Heróis e Vilões da nova espansão

Avatar
by luizcsilva on 25 de agosto de 2015

A gente já falou sobre a lore geral de Legion, e o que podemos esperar da história em termos gerais na próxima expansão. Mas como bem sabemos, cada atualização do jogo traz alguns personagens em destaque, e pra que a gente não sofra muito, a Blizzard divulgou uma lista dos personagens que estarão em destaque em Legion, no site oficial da expansão.

Nesse post irei descrever de acordo com o site oficial cada personagem e qual será o papel de cada um em Legion. Ah, uma informação curiosa: se passaram 10 anos desde o evento de Templo Negro, na linha temporal do jogo.

Maiev Cantonegro

Se os Vigias são infames entre os elfos noturnos, Maiev Cantonegro é uma lenda. Famosa por sua facilidade ímpar para capturar qualquer inimigo, ela rastreou Illidan Tempesfúria, o Traidor, até o Templo Negro, em Terralém. Depois de sua morte, ela aprisionou os Illidaris, seus últimos seguidores vivos, e jurou que nunca iria permitir que os caçadores de demônios corrompidos pela força vil vagueassem livres de novo.

Com os Caçadores de Demônios como classe jogável, eu estou bem curioso pra saber qual vai ser o papel dela agora. Porque se a missão dela era impedir que eles saíssem por aí, não faz muito mais sentido – mas apesar do vacilo ela tem muita experiência pra ajudar a gente a salvar o mundo de novo – ou não.

Xavius

Outrora, Xavius aterrorizou Azeroth com uma doença que quase destruiu a barreira entre o sonho e a realidade. Seus planos foram frustrados, mas ele tem uma nova chance de se vingar. Agora, Xavius lidera a conquista de Val’sharah, onde a Árvore do Mundo Shaladrassil espalha a corrupção do Pesadelo Esmeralda. Com um exército de sátiros vis ao seu comando, Xavius não vai parar até destruir todos os opositores da Legião.

Xavius era um Elfo Altaneiro, fiel conselheiro da rainha Azshara. Ele acreditava que Sargeras era um Deus que deveria levar poder a Azeroth, e foi ele quem convenceu a Azshara a mandar abrir o portal da Guerra dos Anciões – e que fez com que o mundo se partisse todo, criando os continentes que conhecemos hoje. Depois do fim da guerra Sargeras deu uma segunda chance para Xavius e trouxe ele de volta em forma de Sátiro, para marca-lo para sempre como um servo da Legião. Depois de algumas batalhas, a elfa Shandris Feathermoon, junto com Malfurion, criaram uma espécie de “Árvore da vida ao contrário”, Shaladrassil, que drenava a força do corpo de Xavius e o prendia eternamente. De algum modo essa árvore resistiu ao Sundering (suspeita-se que seja com ajuda dos Deuses Antigos, a mesma recebida por Azshara), e Xavius conseguiu continuar exercendo sua influência em Azeroth – especificamente, alterando o Sonho Esmeralda, agindo como o Senhor do Pesadelo, degenerando o Sonho e colocando em risco toda Azeroth. Todos pensavam que ele tinha sido derrotado antes do início do Cataclysma e o Pesadelo Esmeralda controlado, até agora… ou seje, mais um morto trazido de volta, né? E volta colocando no mesmo balaio a Azshara, Legião, Deuses Antigos e Pesadelo Esmeralda.

Anduin Wrynn

Herdeiro do trono de Ventobravo, Anduin é muito maduro para a sua idade. Em muitas ocasiões, ele usou diplomacia para encerrar conflitos, inspirando até o pai a depor as armas em busca da paz. Mas a diplomacia tem limites, e alguns vilões não são nada razoáveis. A Legião Ardente ameaça aniquilar toda Azeroth, e Anduin vai aprender o custo real da paz… Resta saber se estará disposto a pagá-lo.

Pai, paizinho…

Eu tenho a sensação que o príncipe Anduiun tá pra ficar órfão de pai e mãe. A história tem que andar, personagens morrem, o Anduin vem sendo preparado pra se tornar o principal personagem dos humanos já há algum tempo, mas assumo sera lamentável se o Varian vier a morrer, acho ele legal, justo, e merece ser feliz. Torço pra se ele for morrer mesmo, que seja de forma digna. Quanto ao Anduin… qual será a reação dele? Será que vai deixar o sacerdócio pra se tornar um guerreiro, ou um paladino? Ou vai continuar pregando a paz de qualquer forma, seja lá qual for a provação?

Senhora das Marés Athissa

A rainha Azshara, outrora líder dos antigos elfos noturnos, governa os nagas com autoridade suprema. Seus servos são muitos, mas poucos conseguem igualar a devoção fanática de Athissa. Às ordens de sua rainha, ela está prestes a liderar um enorme exército de nagas até Azsuna, uma região que dizem esconder uma antiga e poderosa relíquia perdida dos titãs. Nada vai impedir Athissa de alcançar seu alvo — nem os espíritos amaldiçoados de elfos noturnos que assombram a terra, nem a Horda, nem a Aliança, que estão se reunindo nas Ilhas Partidas.

Então a Blizzard vai segurar a Azshara por mais uma expansão, será que é isso mesmo? Mas como tá lá em Azsuna e na porta do palácio de Suramar tem que ter naga, Athissa foi a solução. Não há muito o que falar da personagem, que aparentemente foi criada para que a Azshara continue nas sombras, mas isso só me faz ter mais medo ainda do que vai acontecer quando a rainha das nagas decidir aparecer. A bicha já tem os contatos com a Legião, tem pacto com deus antigo e agora tá atrás de relíquia titânica… não me cheira bem não.

Genn Greymane

Nos últimos anos, o grisalho governante de Guilnéas sofreu muitas provações: seu filho e sua nação sucumbiram a Sylvana, a Rainha Banshee, e a seus Renegados, e ele quase perdeu sua humanidade para a maldição worgen. Mas Genn encontrou força e a coragem nessas tragédias. Ele está determinado a lutar com unhas e dentes contra os inimigos que ameaçam a Aliança.

Fico feliz em ver que um conflito esquecido por duas expansões vai ser resolvido, e aparentemente dessa vez vai ter uma ênfase maior – ao invés de ficar praticamente confinado às missões de duas raças específicas.

Dargrul, o Hipomonarca

Durante séculos, os taurens e as tribos dos drogbar de Alta Montanha viveram em paz. Mas, logo depois da chegada da Legião, um líder drogbar chamado Dargrul, o Hipomonarca, destruiu essa união e roubou o Martelo de Khaz’goroth, um poderoso artefato protegido pelos taurens de Alta Montanha. Usando o terrível poder do Martelo, o Hipomonarca quer tomar o controle de Alta Montanha.

Acredito que ele vai ser destaque de uma raça hostil em alguns mapas, mas que não vai ter um impacto enorme na história – algo tipo os Yaungol de Pandaria, ou os Vrykuls em Wrath of the Lich King.

Hadggar


Embora ele não tenha conseguido impedir Gul’dan de abrir a Tumba de Sargeras, o que permitiu que a Legião invadisse Azeroth mais uma vez, Hadggar está determinado a descobrir uma maneira de fechar o portal e frustrar a invasão da Legião. Ele sabe que será preciso juntar as forças dos maiores campeões de Azeroth, mesmo que vozes discordantes se oponham a essa coalizão, mesmo com todo o perigo de aniquilação final nas mãos dos demônios.

Olha, tô de boa com ele não. Ele tem uma vibe meio Wrathion mas não tem metade do carisma do dragãozinho. Sem contar o tanto de coisa mal explicada: como ele vira corvo (poder do Medivh) e tá com o Atiesh (cajado do Medivh)? Ele é o Medivh ou ele tem os poderes de Guardião que Medivh tinha? Como isso aconteceu, como aquele senhor idoso de Shattrath virou essa pessoa que vemos no jogo agora? E porque raios a Blizzard deu chega pra lá na Jaina – que já tava recuperada dos eventos do Marés de Guerra, especialmente depois do que aconteceu no Crimes de Guerra – sendo que os dois trabalhando juntos podia dar muito mais certo.

Gul’dan

Gul’dan não deve obediência a ninguém além de seus mestres da Legião Ardente. Em Draenor, esse bruxo orc faminto por poder quase conseguiu tornar toda a sua raça escrava dos demônios. Embora o plano tenha dado errado, Gul’dan sobreviveu. Sob o comando da Legião, ele foi banido para Azeroth para abrir um portal para uma monstruosa força invasora diferente de tudo que a Horda e a Aliança já enfrentaram.

Felizmente tudo indica que ele vai ser pra Legion o que Garrosh foi pra Warlords: o elo de ligação.

Sylvanas

A implacável líder dos renegados é uma campeã formidável do seu povo. Mas, com a invasão da Legião Ardente, a Dama Sombria agora enfrenta um momento de risco supremo. Se Sylvana perecer, sua morte marcará o começo de sua danação eterna. Os únicos a protegê-la desse destino terrível são suas Val’kyr, mas restaram poucas dessas guardiãs espirituais. Cada vez mais perto do abismo, Sylvana precisa decidir até onde está disposta a ir para proteger seu povo… e se ele é mais precioso para ela que sua própria alma.

 

Illidan

Depois da queda do Templo Negro, o cadáver de Illidan Tempesfúria, senhor de Terralém, desapareceu. Ninguém sabe o paradeiro dos restos mortais de Illidan, mas as lendas dizem que a Carcereira Maiev Cantonegro levou seu corpo destroçado à Câmara dos Carcereiros para que a alma sombria dele pudesse sofrer o restante de sua sentença eterna junto com os temidos Illidari, seus seguidores. Justiça eterna…

What's your reaction?
Feliz
0%
Resenha dos Livros
Lore dos Personagens

N’Zoth

Alonsus Faol

Alto Suserano Varok Saurfang e a luta pela honra

A Morte de Sylvanas Windrunner

A Ascensão do Arathi

Calia Menethil a Última Herdeira do Trono de Lordaeron

Nathanos Marris, o Blightcaller

A Linhagem Fordragon

E se o Bolvar Fordragon nunca se tornasse o Lich King?

Os Mistérios dos Draeneis e Naarus

Translate »
%d blogueiros gostam disto: